Aquele “Click”!

 

abc3442b424f6de5522ca6d838685524.jpg

Muitas vezes nos sentimos vazios, ansiosos e inquietos, como se, por mais que nos esforçássemos, nada conseguisse preencher e, a cada tentativa, apenas ficássemos mais frustrados.

São pessoas desacreditadas que só conseguem ver o pior das coisas ou sempre apontam um defeito em tudo o que acontece (ou que ainda nem aconteceram), é o apoio que a gente não tem quando mais precisamos dele, é a esperança que muitas vezes nos falta, a fé que nós mesmo nos deixamos distanciar, a saudade que aperta, a vontade que sufoca… Coisas aparentemente bobas que vão sendo acumuladas dentro de nós.Até que, de repente, você sente um “click”, não importa com…

Uma melodia, algumas palavras ouvidas ou lidas, um sorriso, um olhar, uma experiência, uma oportunidade… Algo que te fará entender que não adianta gastar tanta energia em vão querendo mudar ou consertar o que não está ao seu alcance ou muito menos depende de você.

É aí que você se encontra e para de se cobrar tanto por algo que só pode ser resolvido com o tempo. Começa a preencher a vida apenas com as coisas que lhe fazem bem e compreende que ela toma conta por si só de colocar cada peça desse quebra cabeça em seu devido lugar. Respire fundo e deixe que cada um faça sua própria função.

A sua, com certeza, não é carregar “o mundo” nas costas sozinho.

Nayara Rosolen

3 comentários sobre “Aquele “Click”!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s