Ela é do tipo que quiser!

large (59).jpg

Ela é do tipo que faz graça pra disfarçar a vergonha, contraria elogios para não mostrar a timidez, não olha nos olhos por medo que desvendem o que traz a alma. Sorri de lado, fica com o rosto vermelho e sente queimar quando vê que percebem. Não puxa muito papo pois gosta de fazer (e de quem faz) e não fala muito porque prefere demonstrar os sentimentos em palavras digitadas.

Adora discutir sobre assuntos que entende, mas acha um saco quando começam a falar sem parar sobre assuntos que julga serem desnecessários. Vai acumulando pequenas coisas que viram uma bomba enorme quando explodem (um defeito a ser trabalhado, admite). Chama a melhor amiga pra sair e fica com preguiça na hora do compromisso, culpa a vida por não ter alguém especial ao lado, mas não se interessa por ninguém que apareça. Exala ciúmes por pessoas que considera especiais demais para dividir, fica toda atrapalhada perto de uma pessoa que julga ser importante, perde a dicção quando mais precisa utilizar as palavras e tem medo do desconhecido.

Não gosta de ser contrariada quando está certa do que afirma e é teimosa até demais quando tem algo em mente. Chora por tudo (tristeza, raiva, ansiedade e até de alegria), mas não consegue derramar uma lágrima estando perto de outra pessoa. Gosta de ter tudo programado e se sente perdida quando as coisas saem dos trilhos. Um pouco “noiada” com organização, mesmo tendo o próprio quarto de pernas pro ar. Não sabe contar piada, mas é ótima em dar risada (principalmente nos momentos mais inoportunos). Sorri com os olhos e é capaz de sentir a energia de onde se encontra.

Se impôs para ter o próprio espaço e foi chamada de “rebelde”, vive uma mudança constante e é taxada de doida. Desconfiada até da sombra. Apaixonada por tudo o que faz sorrir. Sonhadora que não cansa nunca de escrever o próprio futuro, contando com a ajudinha da vida. Corajosa o suficiente para não desistir dos seus maiores sonhos, mesmo que pareçam impossíveis.

Primeiro aprendeu a se amar o bastante para, então, entender que pode ser do tipo que quiser.

E, se for de sua vontade, é sem tipo algum.

Nayara Rosolen

17 comentários sobre “Ela é do tipo que quiser!

  1. Chamo isso de liberdade de escolha,nós escolhemos ser o que quisermos,não vivemos das opiniões alheia,ser feliz do jeito que é basta,por que se amar primeiro é a melhor coisa da vida,quando agente tem amor próprio temos tudo. 😀

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s