Ansiedade

Há algum tempo eu venho parando para tentar entender tudo o que acontece ao meu redor, assim como o jeito que reajo às situações. Às vezes é bem cansativo. Às vezes eu nem preciso queimar tanto os neurônios, é tipo um insight. E algumas respostas é como se eu nunca fosse ter. Até porque, acho que existem coisas que a gente não precisa saber. Ou talvez precisamos viver mais para aprender. Vai saber.

Tem dia que dá tudo errado e eu tenho vontade de sumir. Tem dia que dá tudo certo e mesmo assim parece ter algo fora do lugar. E tem dia que mesmo com tudo conspirando contra, eu ainda consigo manter minha mente ao meu favor e agradecer por tudo estar fora do lugar. É que geralmente esses momento acontecem para que as coisas comecem a se reorganizar. É bem louco, a gente se questiona, mas no final acaba vendo que tudo fez sentido.

Nem sempre a gente consegue dar conta das nossas responsabilidades, enquanto a vida tá cobrando o dobro do que a gente já não tem feito direito. Eu falo a vida, mas na verdade são as pessoas ao nosso redor e às vezes até nós mesmos. É cobrança por todo o lado, notificação toda hora, alarme pra tudo, gente cobrando explicação, a mente te lembrando que não vai ter jeito, não vai dar conta. Tudo mentira.

A ansiedade meio que passa a fazer parte da nossa rotina. Acordar com o coração acelerado achando que está sempre atrasado, a cabeça martelando mesmo quando a gente sabe que merece um descanso, a feia mania de achar que tem que levar o mundo nas costas, se importar com todas as pessoas. Menos com a que mais precisa de atenção: nós mesmos. O corpo trava, o cérebro acelera até o limite. Aí chega uma hora que pifa.

Fica difícil trazer a mente para um lugar bom e seguro de novo depois de se afundar. A gente tem que tirar força da onde não tem. Mas depois de um tempo é preciso aprender a lidar. Porque ou a gente se coloca e coloca nossa saúde mental em primeiro lugar, ou começa a pirar.

Música, meditação, yoga, palestra sobre autoconhecimento, livro de autoajuda, terapia, sair com as amigas, chorar pra lavar a alma, orar. Cada um tem um refúgio onde se encontrar.

Nayara Rosolen